Você está aqui: Página Inicial / Sobre a Câmara / Presidente

Presidente

por Interlegis — publicado 31/08/2015 21h50, última modificação 08/02/2019 12h46

SESSÃO SOLENE (3).jpg

Adailto Nunes

Presidente (Biênio 2019-2020)

BIOGRAFIA

Filho de Luiz José Nunes e de Maria Alzira Nunes, nascido na Fazenda Várzea do Icó, nos contra-fortes dos municípios de Floresta e Serra Talhada em 31 de agosto de 1973, cursou os seus primeiros anos escolares com a excelente professora, educadora que se fez  mestra reconhecida e querida pela postura de competência e compostura cristã, divulgando entre os seus educandos  o valor do conhecimento e o mérito da retidão de caráter no cultivo da cristandade. Ernesta dirigia a Escola da Fazenda Ema, modelo de ensino de qualidade que a credenciou, mais tarde,  à lecionar na Faculdade de Formação de Professores de Serra Talhada. Transferiu-se Beto Puça para a cidade de Floresta onde foi matriculado na Escola Júlio de Mello, sob eficiente direção da professora Dilma Novaes Goyana  Aí cursou a Terceira e Quarta Série do  então Curso Primário. Corriam os anos de 1975 e 1976. Os anos seguintes, 1977 a 1980 já sob a denominação de Curso Fundamental, cursou na Escola Capitão Nestor Valgueiro de Carvalho, onde os colegas tornaram-se amigos. O Curso Técnico Agrícola onde pretendeu continuar com a sua formação intelectual e profissional terminou o Curso Técnico Agrícola na Escola Agrotécnica de Belo Jardim sob o regime de semi-internato. Foi aí que começou a exercitar liderança, não fazendo discursos inflamados ou fomentando a indisciplina, a desobediência ou a subversão, mas dialogando e assumindo posturas de conciliação, sem descurar da firmeza na defesa dos interesses dos seus colegas. Nunca exerceu cargo de direção no Diretório Acadêmico da Escola. Fazia-se impor pelo equilíbrio, pela ponderação, pelo bom senso, ganhando o respeito e a admiração de professores e da Direção do Educandário.  

Nos anos de 1984 a 1986, adjutorando o seu pai, trabalhou como motorista. E de 1987 q 1989 laborou desde o início até o final das obras na construção da Nova Itacuruba.  

Terminada as obras de construção de Itacuruba, exerceu diversas atividades como meio de sobrevivência digna, e,  no ano de 1997 resolveu empreender: implantou a CEVALE – CERÂMICA VALE DO SÃO FRANCISCO, gerando emprego e renda por mais de vinte anos para o nosso povo. Produzia o melhor tijolo da região. Ao cenário urbano de nosso cidade incluíram-se as altaneiras CHANINÉS, símbolos incontestes de trabalho e progresso.

Os colegas de vários anos escolares, os amigos feitos nos diversos anos de trabalho duro, os empregos e rendas gerados através da CEVELE – CERÂMICA VALE DO SÃO FRANCISCO, além da natural capacidade de liderança,  o convite de consagradas lideranças políticas locais e o incondicional apoio familiar, o credenciaram a pleitear uma cadeira na Casa do Povo na eleição de 2004. Conseguiu, apesar da escassez de recursos financeiros e da inexperiência nas disputas político-partidárias, eleger-se com a expressiva votação de 720 sufrágios.

Em 2008, já agora com a experiência do exercício do mandato, voltou a se candidatar para o cargo de vereador e chegou à Casa Benício Ferraz, o templo político do povo florestano com a votação de 1.470 sufrágios, tendo sido o candidato mais votado daquele pleito.

Na campanha de 2012, entrou, por insistência de correligionários e amigos na pré-campanha para o Cargo de Prefeito do Município. Todas as prévias o apontavam como o candidato preferido do povo. Ainda assim, foi preterido pelos seu partido. Desviado de foco na campanha para Vereador, embora com votação expressiva, pelas artimanhas da legenda partidária não conseguiu reeleger-se.

Sem trair os seus ideais políticos,  por lealdade e fidelidade aos amigos de longas jornadas e correligionários,  afiliou-se ao PARTIDO TRABALHISTA CRISTÃO ,o PDT e, emprestou o seu carisma, o seu prestígio pessoal, o seu empenho e apoio irrestrito ao Grupo que elegeu o novo Prefeito de Floresta,  contribuindo para a escrita de uma nova página na história política de nossa terra. Com 795 votos, elegeu-se representante do Povo na Casa Benício Ferraz.

Hoje, com a consciência do dever cumprido, com a tranquilidade de quem de dispõe a servir o seu município e ao seu povo, e graças a confiança da maioria dos seus pares nesta Casa Legislativa Municipal, assume a sua Presidência com o compromisso prestado de bem servir à Floresta, à sua gente, cumprindo e fazendo cumprir o Regimento que preside a Casa do Povo, razão primeira de sua existência.

Mídias Sociais

Facebook Twitter Youtube Esta imagem é referenciada nos conteúdos do portal.

Pesquisar no BuscaLeg
Logotipo do BuscaLeg - Buscador Legislativo
Acesso à Informação
« Julho 2019 »
month-7
Do Se Te Qu Qu Se Sa
30 1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30 31 1 2 3